(11) 9.5313-4086 [email protected]

Descontrole emocional interfere na sua vida financeira.

Independente da quantia de dinheiro adquirida, ou do montante que você recebe por mês ou semana o desequilíbrio emocional pode fazer você perder tudo e ainda atingir outras áreas da sua vida.
A compulsão por compras, por exemplo, pode propiciar um prazer momentâneo, mas que passa logo, porém as dívidas permanecem e o desequilíbrio emocional é agravado gerando um ciclo.
Segundo uma pesquisa da CNDL-SPC Brasil os motivos para o desequilíbrio financeiro são: ansiedade, insatisfação no trabalho, abalo emocional e problemas com a família.
O desequilíbrio emocional pode estar ligado a transtorno de compulsão e depressão siga essas dicas para evitar que isso aconteça.

Planejamento

Muitas pessoas não sabem quanto ganham de verdade, um planejamento de quanto gastar além das contas fixas como aluguel e financiamentos ativos podem ajudar na sua organização, em como vai pagar seus credores, e por fim, sempre pesar o emocional e o racional na hora de comprar qualquer coisa, autoconhecimento também pode ser o segredo para ajudar a se planejar e controlar.

Otimismo

Seja otimista, mas mantenha os pés no chão. Embora entusiasmo seja importante, fazer uma análise de riscos e se integrar com a realidade é igualmente importante. Muitos acabam ficando ansiosos por novos ganhos e por conseguirem ostentar o que pode ser conquistado, que colocam tudo a perder, demonstrando um grande desequilíbrio emocional.
Então não se arrisque desnecessariamente, pense com inteligência, levando em conta não somente o seu estado de espírito, mas os riscos possíveis, e se cerque de garantias.

Outras opiniões

Novas ideias são sempre bem-vindas, lembre-se que nem sempre os bons conselhos são fáceis de ouvir, avalie bons parceiros e até consultores, não precisa acatar a todas as dicas, pondere.
É claro que nem todos os conselhos poderão ser aplicados, mas pense em cada um deles antes de tomar alguma decisão, a decisão deve ser sempre a sua, porém as opiniões são importantes.

Evite a vaidade

O excesso de ambição pode lhe propiciar arrogância, vaidade e uma vida fútil. Ambição é importante, mas cuidado para não transformá-la em ganância, pois será instalado um desequilíbrio emocional.
Depois de instalado um desequilíbrio emocional você vai colocar a vaidade acima de tudo ostentando o que ainda nem tem e colocando todo seu patrimônio e conquistas a perder, por isso tome cuidado com a vaidade e principalmente avalie a sua ambição se ela não se tornou ainda ganância.
Tomados todos esses cuidados você terá uma vida financeira tranquila e o desequilíbrio emocional não colocará tudo a perder.

Fotografia: unsplash-logorawpixel